Calculadora menino ou menina

Já está grávida e ansiosa para saber o sexo do seu bebé? Usa a nossa calculadora menino ou menina e descubra agora.

Nem todo mundo consegue saber o sexo do bebê no ultrassom: normalmente, é preciso segurar a curiosidade até o quarto mês. Além disso, há casos em que só se descobre o sexo no final da gestação porque o bebê fica com as perninhas cruzadas em todos os exames de imagem. Como, então, saber o sexo da criança com mais rapidez? A resposta é a calculadora de menino ou menina, baseada na Tabela Chinesa.

À primeira vista, o método para descobrir se o bebê é menino ou menina parece um pouco complexo, já que envolve algumas contas matemáticas. Na prática, entretanto, é bem fácil: só é preciso conhecer a data exata da fecundação e o aniversário da mamãe.

Para que essa calculadora baseada no método chinês dê informações precisas sobre o sexo, é necessário que se saiba o mês exato em que a mulher engravidou. Dessa forma, caso a pessoa não acompanhe o seu ciclo menstrual, este seja irregular ou não dê para precisar exatamente a quantidade de semanas, o método não será eficiente.

Para mulheres que sabem exatamente quantos meses de gravidez têm, a precisão da calculadora chega a 99%. Ou seja, permite que se prepare enxoval e decoração do quarto sem ter medo de errar.

Como funciona a calculadora de menino e menina / tabela chinesa de gravidez

A calculadora é baseada em uma tabela usada e criada há três séculos pela dinastia chinesa Qing. O método é fácil de compreender: é só procurar o mês em que a mulher engravidou na parte de cima da tabela e depois “cruzar” essa informação com a idade lunar dessa nova mamãe.

Para saber a idade lunar, a conta é simples: mulheres que nasceram em janeiro ou fevereiro precisam só usar a idade de quando engravidou.

Por exemplo: se ela nasceu em 15 de janeiro e tinha 32 anos na concepção, a idade que tem de ser usada é de 32 anos, mesmo que ela tenha feito aniversário e consultado a calculadora depois desse dia.

Já a mulher que nasceu em qualquer outro mês precisa somar o número 1 à sua idade cronológica para determinar a sua idade lunar e, dessa forma, poder consultar a calculadora. Caso a mulher tenha nascido em 22 de abril e tenha engravidado com 27 anos, então a sua idade lunar no momento da concepção era de 28 anos (27+1).

Na parte de cima, estão as três primeiras letras de cada mês do ano. À esquerda, estão as idades lunares, começando com 18 e indo até os 45. Dessa forma, percebe-se que apenas mulheres entre os 17 e os 44 anos conseguem usar a calculadora baseada na Tabela Chinesa, pois esta não prevê fertilidade antes ou depois dessas idades.

É claro que, hoje em dia, muitas mulheres estão conseguindo engravidar com idades bem mais avançadas que 44 anos. No entanto, vale lembrar que o método chinês, que deu origem à calculadora em questão, foi criado há 300 anos, quando havia mais limitações a respeito da idade fértil.

Entenda calendário lunar – clique aqui

Sobre a tabela chinesa da gravidez

A tabela chinesa da gravidez é derivada do Calendário Amarelo e precede o famoso calendário gregoriano, que é muito usado hoje em dia. A sua credibilidade é grande, o que é reforçado pelo fato do Instituo de Ciências de Pequim manter essa tabela original até hoje em seu acervo.

A primeira tabela chinesa da gravidez foi encontrada em uma tumba da Dinastia Qing e, em seus primórdios, somente as pessoas mais importantes da sociedade podiam usá-la para fazer os cálculos e determinar o sexo do bebê a caminho. Com o tempo, mais pessoas aprenderam a usar a tabela chinesa da gravidez e o método continuou por se disseminar, até chegar ao Ocidente e outras regiões.

Depois de feito o cálculo (que será explicado a diante), é preciso observar se o resultado é um número par ou ímpar. Caso seja par, o bebê que está chegando é uma menina; se o resultado for ímpar, então o bebê que nascerá em breve é um menino.

Como calcular

Uma das fórmulas é a seguinte: 49 + mês da fecundação – idade cronológica + 19. Vale fazer duas observações:

  • Os números 49 e 19 são fixos, ou seja, eles fazem parte da fórmula;
  • A idade da mãe, nesse caso, deve ser a cronológica, ou seja, sem somar o 1 número 1, independentemente do mês de nascimento.

Uma mãe que ficou grávida em maio e que possui 32 anos, por exemplo, usará o seguinte cálculo: 49 + 5 – 32 + 19; o resultado é 41, um número ímpar, o que indica que o bebê é do sexo masculino.

Outra fórmula usada é a seguinte: 68 + o mês da concepção – idade cronológica da gestante. Por exemplo: uma mulher que engravidou em setembro, com 26 anos usará o cálculo 68 + 9 – 26; o resultado será 51, o que mostrará, mais uma vez, que o bebê é do sexo masculino. Se o resultado fosse 52, ou qualquer outro número par, o bebê seria do sexo feminino.

É possível usar a tabela chinesa de gravidez sem nenhuma conta também: basta usar o mesmo esquema do jogo “Batalha Naval”. Primeiro, deve-se ir até a coluna à esquerda e localizar a idade lunar (com a soma do 1 à idade cronológica para quem nasceu em meses diferentes de janeiro e fevereiro). Em seguida, corre-se o dedo pela linha correspondente até chegar ao mês da concepção. Se o quadrado for azul, então o bebê será um menino; se for rosa, então o bebê será do sexo feminino.

Gestantes com mais probabilidades de dar à luz a um menino

Além de usar a tabela chinesa da gravidez para saber o sexo do bebê, as mamães também têm algumas dicas para saber se têm mais chances de esperar um menino:

  • Primeiro – Maior apetite, mesmo antes da gestação;
  • Segundo – Maior envolvimento com atividades predominantemente masculinas;
  • Terceiro – Maior peso corporal, mesmo antes da gestação;
  • Quarto – Maior agressividade na carreira, independentemente de qual;
  • Quinto – Maior intensidade nos preparativos para ficar grávida

Enfim, o que acha das dicas acima e já usou a nossa Calculadora menino ou menina? Calcule agora!

Comments 5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *